Professor-robô!?


Pesquisadores da Universidade de Wisconsin-Madison, nos Estados Unidos, criaram um professor-robô capaz de prender a atenção de estudantes em aulas online. A invenção foi revelada pela revista inglesa “New Scientist”.

De acordo com a publicação, o equipamento detecta quando o aluno está distraído (ou mesmo dormindo) e usa “truques” para mantê-lo concentrado. Os pesquisadores programaram o robô para contar uma história a um grupo de alunos. Depois, os questionou sobre o que lembravam.


Durante a história, o robô aumentou a voz ou usou gestos (da mesma forma que um “professor humano” faria) para conquistar novamente a atenção dos estudantes, caso percebesse, por meio de monitores, que eles estavam se dispersando. Outros dois grupos foram formados, mas sem o monitoramento de atenção.


Os alunos que estavam sendo “reconquistados” pelo robô conseguiram recontar a história muito melhor: de 14 questões, acertaram nove. Os outros, que não tiveram esse “estímulo”, acertaram pouco mais de seis.


A ideia, diz Andrew Ng, diretor do laboratório de inteligência artificial da Universidade de Stanford, na Califórnia, pode ter "implicações significativas na educação". "A perspectiva de medir automaticamente o engajamento do estudante para criar um professor mais interativo é muito excitante", disse.

 

Fonte: Uol Educação 

Outras notícias